Repertório de casamento, a escolha

Não há dúvida que a música tem um poder imenso!

Você já passou pela experiência de ser transportado a uma época, local ou situação que marcou sua vida, simplesmente ao ouvir as primeiras notas de determinada música?

Isso comigo acontece constantemente!

E esse é o poder que a música possui. Ela nos remete a situações de nossa vida e incrivelmente podemos viver aquele momento novamente, as gargalhadas, as lágrimas, os encontros, as despedidas…

A trilha sonora da sua vida.

Trazendo agora para a realidade de seu casamento. Sabendo do poder que a música possuí, é muito importante que você pense no ambiente que quer criar em sua celebração de casamento, lembre-se que este momento será uma “faixa” da grande trilha sonora da sua vida!

Particularmente, quando recebo casais para reuniões de elaboração de repertório de casamento, primeiramente busco sempre informações sobre suas preferências e experiências musicais, para que assim possa projetar algo que seja de fato relevante para os noivos e que tenha sua personalidade impressa.

Aqui vai uma dica: Ouça com atenção e considere as dicas e opiniões do profissional da música de seu casamento.

Ele possui experiência e know-how em celebrações e dessa forma conseguirá lapidar suas ideias com o objetivo de ter o melhor repertório de casamento, pois diga-se de passagem, este profissional está muito interessado que a musica de seu casamento seja um sucesso!

Eu Fábio, sempre costumo dizer o seguinte: “Seu casamento, minha vitrine.”

Vamos agora as algumas dicas que com certeza lhe ajudarão no momento de planejar seu repertório de casamento e festa.

Dicas para escolha de um repertório de casamento.

– Escolham composições que sejam relevantes para o casal. Músicas que marcaram a sua história juntos;

– O casamento é de vocês, mas o momento da celebração e festa é dividido com os convidados e família! Não pensem apenas em um repertório emocionante para o casal, mas pensem em um repertório que emocionará a todos, noivos, amigos e familiares;

– Tratando de cerimônia religiosa, devemos sempre lembrar que as músicas escolhidas devem seguir as normativas litúrgicas, principalmente se o casamento for realizado em uma igreja/templo;

– Com relação a músicas internacionais. Busquem se inteirar com relação a mensagem que a música carrega, muitas vezes uma música de melodia e harmonia belas, pode carregar uma mensagem não tão salutar;

– Tomem cuidado com os vídeos da internet e novelas! Muitas vezes somos influenciados por conteúdos não verdadeiros que a mídia produz com fins promocionais e comerciais. Seja bastante criterioso!;

– Toda cerimônia de casamento e festa possuí uma dinâmica, alguns momentos pedem introspecção, outros alegria;

repertório de casamento

Vamos a alguns exemplos:

Entrada de Padrinhos e Noivo:

Momento solene, pede-se músicas fortes e presenciais;

Entrada de alianças, floristas, damas e pajens:

Momento singelo, pede-se músicas que vão de encontro a pureza, alegria e delicadeza das crianças;

Anúncio e entrada da noiva:

Sem dúvida o momento primaz da celebração,  pede-se música solene e marcante;

Benção das alianças:

Momento singelo e introspectivo, por vezes emotivo e espiritual, pede-se músicas emotivas e sacras;

Cumprimentos:

O momento mais emocionante de qualquer celebração, pede-se músicas emotivas que combinem com este momento tão belo e marcante;

Saída de padrinhos e noivos:

Momento de alegria e celebração, pede-se músicas alegres, mas lembre-se que ainda não estamos no salão de festas.

Espero que este conteúdo tenha sido relevante para você, caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco.

Quer sugerir algum tema relacionado ao universo dos casamentos? Nos envie sua sugestão.

Um abraço e até o próximo post!

2018-04-06T09:11:05+00:00

Deixar Um Comentário